• 18 junho 2016

    Vamos nos rebelar!


    Vamos nos rebelar, ir contra a corrente, contra aquilo que nos prende e nos limita.
    Vamos ser os rebeldes da nova geração, fazer aquilo que queremos, sermos felizes.
    Mas onde está a minha própria rebeldia? Minha vontade de mudar o mundo... De ser eu mesma...
    Quebrar regras, ser o que a sociedade diz que não devo ser.
    Deixei que me impusessem limites, criassem barreiras nos meus sonhos e pensamentos.
    Senti medo, senti raiva e então me acomodei.
    Eu me perdi, fiquei sem rumo, sem saber por qual caminho seguir.
    E eu senti falta da minha rebeldia, da minha vontade de viajar o mundo e descobrir novos horizontes. Senti falta de mim mesma.
    Foi então que eu decidi quebrar barreiras, saltar os obstáculos. Eliminar tudo aquilo que me limita e me impede de seguir.
    Deixar as regras de lado, voar sem tirar os pés do chão.
    Ser como os revolucionários do século passado. Usar roupas estranhas e cabelos coloridos e sem corte definido. 
    Viver sem medo, sem angústias, sem mágoa. Viver sem ter vergonha de quem eu sou e do que eu quero ser e fazer. 
    Viver...
    Usar minha rebeldia para mudar o mundo. O meu mundo. O mundo das pessoas ao meu redor e daquelas que nem faço ideia da existência.
    Ser feliz um pouquinho todos os dias, chorar de tanto rir, sair correndo sem motivos e viajar sem rumo.
    Assim eu terei a certeza que, no final, tudo valeu a pena.

    Beatriz Cristina

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário